Imobiliária Ribeirão Preto - Fortes Guimarães
 	
 	
 				

Veja qual a melhor maneira de usar bancos de madeira na casa

Bancos de madeira podem quebrar galho na falta de cadeiras, ajudar na decoração e ser útil em diferentes ambientes da casa

Os bancos de madeira são itens muito úteis em uma casa e podem ser usados em praticamente todos os ambientes. Dos mais largos aos banquinhos individuais, eles servem para dar um toque diferenciado à decoração – como destaque no espaço – ou mesmo servir como porta-objetos, mesas de canto ou de centro. E, claro, quebram um galho quando faltam cadeiras para todos sentarem.


“O banco de madeira pode ser utilizado no hall de entrada, na sala de estar como apoio, no encosto de um sofá e até para dividir ambientes. Na varanda, é ótimo para receber na mesa de jantar. Já na suíte, pode ser instalado até nos pés da cama do casal”, ensina a arquiteta Thamyris Albuquerque, da Taed Arquitetura.

Ela acredita que o banco é extremamente funcional e pode ser utilizado todo em madeira, com futon em cima ou até com almofadas para encosto. “Com certeza deve ser usado para acomodar mais pessoas em casa. Além disso, pode virar uma mesa de centro de apoio”. Thamyris acha que o banco de madeira é uma peça neutra, para utilizar em diversas ocasiões, desde apoio para pessoas até para uso de peças decorativas, livros, bandeja com velas e jarros, entre outras composições.

 “As decorações mais clássicas exigem um banco mais estofado. Neste caso, é necessário avaliar o melhor modelo de banco. Mas com composições contemporâneas, é possível inserir o banco à decoração existente e usufruir de uma das peças mais versáteis existentes no mercado”, diz a arquiteta. 

Dicas para escolher bancos de madeira para a sua casa:

1 – Defina em qual ambiente você quer colocá-lo e a principal finalidade.


2 – Escolha o tamanho ideal. Lembre-se: bancos de madeira individuais são coringas, servem de apoio para peças de decoração e quebram galhos na hora que você precisa de mais um assento. Os maiores ocupam mais espaço, mas também são muito úteis para quem precisa de mais lugares ou para compor ambientes maiores.

3 – Pense na cor que mais combina com seu lar. O banco de madeira pode ser de vários tons, dos mais claros, puxando para o palha, aos mais escuros, em tom café. 

4 – Preste atenção no material. É possível encontrá-lo em madeira lisa ou rústica, com imperfeições. Há, ainda, locais que reaproveitam paletes e fazem um trabalho perfeito. Você ainda pode optar por ter ou não estofado no banco. Se ele for um destaque no ambiente, não é necessário que seja do mesmo estilo que a decoração da casa

chat online icone

Aviso de cookies

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.

Carregando Aguarde...

0 0