Imobiliária Ribeirão Preto - Fortes Guimarães
 	
 	
 				

Confira como organizar cozinhas planejadas pequenas

Pense na circulação. É o principal quando se fala em cozinhas planejadas pequenas. O ambiente é perigoso, tem faca, fogo, forno quente. Por isso, é preciso ter um espaço livre para se movimentar com segurança. Outro ponto é a questão de ergonomia dos eletrodomésticos, que precisam ter o tamanho ideal e estar bem posicionados.

“Temos que pensar no tamanho dos equipamentos, porque isso interfere diretamente na circulação. É preciso optar, por exemplo, por uma geladeira com menor profundidade, que não ocupe tanto espaço e que deixe uma circulação confortável e segura”, aponta a arquiteta Cristiane Schiavoni.

Muitos imóveis hoje têm cozinhas integradas com lavanderia, o que prejudica ainda mais o espaço. “Não adianta ter um imóvel de 45 metros quadrados e exagerar nas proporções dos objetos e acessórios. Tudo deverá corresponder a essa medida, com o menor micro-ondas, a menor geladeira, a menor máquina de lavar que tiver no mercado. Precisam ser coerentes com o espaço”, diz a arquiteta Isadora Araújo, do Estúdio Panapaná.

Armários em cozinhas planejadas pequenas
Cristiane afirma que muitas pessoas pensam que em cozinhas planejadas pequenas têm que aproveitar todos os cantos  e colocar armário em todo o teto. Ela alerta que isso pode atrapalhar, em vez de ajudar. “Não adianta ter que usar escada para pegar algo no alto. Temos que pensar em uma disposição que seja eficiente”. Isadora pensa em armários que não tenham muita espessura, pois os centímetros serão preciosos. “Como as cozinhas estão sendo feitas em uma planta contínua, os eletrodomésticos estão acompanhando. Em muitos projetos é possível perceber esse fenômeno: a geladeira, por exemplo, do lado da pia e não na parede oposta, como acontecia antigamente”.

Eletrodomésticos
A disposição dos eletrodomésticos faz diferença, diz Cristiane. O forno, por exemplo, pode ser colocado em uma altura de bancada e o micro-ondas logo acima. “O principal erro é a questão da ergonomia, da altura dos eletrodomésticos, da bancada. Muitas pessoas têm problema de coluna por conta disso”. Isadora garante que é a geladeira que irá mandar no projeto. “Não adianta posicionar certos objetos lá no alto ou muito embaixo, no espaço que sobrou, se o morador não conseguir alcançar. Por isso, os primeiros itens a definir serão os eletrodomésticos, principalmente o refrigerador”.

chat online icone

Aviso de cookies

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.

Carregando Aguarde...

0 0